Notícias



“INOVAR É TRANSFORMAR NOVAS IDEIAS EM RESULTADO”, DIZ KASSIA MASSON, DIRETORA DA PREMIADA FIDELITY MOBILE

26/08/2019

“Inovar é transformar novas ideias em resultado”, diz Kassia Masson, diretora da premiada Fidelity Mobile

02/05/2019

Associada da ABES, a Fidelity Mobile é uma empresa que acumula know-how na gestão do conhecimento e prêmios, sendo mundialmente reconhecida pela inovação tecnológica. Em seu portfólio de produtos, a plataforma do BemDito na nuvem e suas tecnologias assessorias (BemDitoApp e BemDitoWebChat) por serem tecnologias de Telecom & TI (escalável e repetível), têm atendido diferentes esferas de governo  (municipal, estadual e federal) e também empresas que atuam nos setores de comércio, serviço, indústria e agronegócio.
 
Para falar sobre a empresa, inovação e perspectivas de mercado, o portal da ABES entrevistou Kassia Masson, sócia e diretora de P&D da Fidelity Mobile. A executiva tem mais de 12 anos de experiência no mercado de inovação, é graduada em direito pela Universidade de Cuiabá, pós-graduada em Gestão Pública, doutoranda em Ciências Jurídicas pela UCA - Pontifícia Universidade Católica Argentina, além de pesquisadora da Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat). Coautora de todos os projetos da Fidelity, bicampeã do Prêmio Finep de Inovação (2010 e 2013),  Kassia destaca que “a inovação deixou de ser uma possibilidade para ser uma necessidade da sociedade pós-moderna”. Acompanhe a entrevista:
 
Qual é, em sua avaliação, o significado da palavra inovação? 
É a união da Novidade + Resultado. Inovar é transformar novas ideias em resultado. Se for novo e não gerar resultado não é inovação. É invenção. Se gerar resultado, mas não houver novidade, é melhoria ou adequação de produto, serviço e processo. Inovar permite ainda a monetização da criatividade.
 
Inovar requer uso intensivo de capital. Onde buscar dinheiro para investir em inovação?
Inovar não é fácil, pois envolve riscos e requer o esforço contínuo, integrado, compartilhado e colaborativo da sociedade, empresas, instituições de ensino e pesquisa e governo. A capitalização para inovação no Brasil é, normalmente, obtida por meio de projeto que, após serem submetidos e analisados, podem ser viabilizados pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep),  BNDES Inovação (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social; BIRD - Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento), SEED Capital (capital semente); Venture Capital (capital de risco); Private Equity (investimento em empresa estabelecidas); Aceleradora (investimento em startups), Angel Capital (investimento anjo) e Ecossistemas de Inovação (universidades, investidores de risco, pesquisadores, parques tecnológicos e incubadoras de startups).
 
A plataforma do BemDito é considerada um exemplo no cenário tecnológico e inovação. Por quê?
A plataforma do BemDito na nuvem foi case em várias ocasiões, como na Microsoft/Xamarin em 2017 e na Conferência Nacional ANPEI de Inovação no ano de 2018. Do ponto de vista tecnológico, ela representa uma inovação disruptiva que supera, de acordo com nossos testes, os instant messengers tradicionais, como WhatsApp e Telegram, Wechat, Viber e Skype, entre outras, com recursos próprios de tradução simultânea durante a conversa e versão para 52 idiomas, ligação via internet/dados móveis por áudio/vídeo (Full HD) sem uso de chip de telefone e conferências mobile/web com 9 participantes, ligações para telefone fixo e móvel, sem uso de chip de telefone e conferências, com tecnologias proprietárias embarcadas de VOIP, URA, CHAT BOT, Inteligência Artificial Aplicada IA.
 
Em quais áreas do setor produtivo estão alocadas as tendências da inovação na indústria 4.0? 
Trabalhamos na Fidelity em pesquisas, as quais apontam que os principais desafios e oportunidades de inovação estão alocados nas áreas estratégicas que envolvem o setor produção e consumo de alimentos, a chamada “Comida do Futuro ou Magic Pill”, bem como no setor de transportes, com a mobilidade urbana (“carros voadores”), no setor energético com as fontes de energia renováveis, que são aquelas que possuem um ciclo de renovação em escala de tempo humana e não se esgotam, como a solar, eólica e hidrelétrica. Já no setor de telecomunicações o marco será o fim da telefonia analógica, sendo gradativamente substituída pelos instant messengers ou telecomunicadores. Nesta área de Telecom e TI, vou vender meu peixe, destacando a plataforma tecnológica do BemDito na nuvem e suas tecnologias acessórias (BemDitoApp e BemDitoWebChat), cujo o nome contém uma perspectiva filosófica entre o “Bem e o Mal”.
                                                                                          
Quais foram os projetos da Fidelity que foram premiados? 
São vários, dos quais temos muito orgulho. O marco histórico que destaca o caráter inovador da Fidelity ocorreu no período de 2010/2013, com a conquista do bicampeonato do PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO em duas categorias: 1ª lugar Pequena Empresa e 2º lugar na categoria Gestão da Inovação (região centro-oeste). Neste mesmo ano, a empresa foi indicada para o World Summit Award (WSA MOBILE CONTENT 2010), o maior Prêmio de Mobilidade do Mundo, realizado em Dubai (Emirados Árabes Unidos), em parceria com as Nações Unidas (ONU), como sendo o melhor case brasileiro na categoria “M-Government & Participation” com o projeto Fidelity Consulting LA 49116, destinado a consultas dos usuários do DETRAN. Em 2018, a Fidelity Mobile volta a ampliar sua atuação estratégica direcionada à inovação se tornando Microsoft Partner e case mundial Microsoft/Xamarim, permitindo a comunicação via chat mobile entre cidadãos, o poder legislativo e os deputados brasileiros. Fomos também case da Conferência ANPEI de Inovação 2018 na área da Perspectiva Tecnológica.  Já em abril de 2019, a Fidelity Mobile foi eleita pelo comitê das 100 Open Startups como sendo uma das empresas mais atraentes para investimento do setor corporativo.
 
Qual a importância do Prêmio Finep de Inovação?
Onde tem a Finep tem sobretudo seriedade, transparência, ética, responsabilidade com a “cousa pública”. Princípios basilares que são os grandes aliados da ciência, da pesquisa aplicada, da inovação em qualquer país civilizado. O Prêmio Finep é o mais importante instrumento de estímulo e reconhecimento à inovação brasileiro. Desde 1998 o “Oscar da inovação brasileira”, já premiou centenas de empresas, instituições e pessoas físicas (pesquisadores) sendo responsável pela projeção dos premiados não apenas no Brasil, como no exterior. 
  
De onde surgiu a ideia de criar uma plataforma Telecom & TI, que superasse as plataformas de mensagens instantâneas tradicionais e qual foi o objetivo? 
O objetivo ao desenvolvermos as tecnologias escopos do projeto foi o de nos juntamos ao grupo dominante, deixando de sermos seguidores, para nos tornarmos provedores de tecnologia para a indústria 4.0. A plataforma do BemDito na Nuvem e suas tecnologias acessórias (BemDitoApp e BemDitoWebChat) são frutos de pesquisa científica.  Por trás do aplicativo existe um projeto de pesquisa aplicada, aprovado por mérito pela Fidelity Mobile nos programas TECNOVA e INOVACRED, gerido pela Finep e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Mato Grosso (Fapemat) e pelo Banco da Amazônia (Basa).
 
Quais são, em sua avaliação, as principais tendências do setor de TI e Telecom para os próximos anos?
Os avanços constantes advindos da indústria de TI e Telecom irão provocar uma mudança radical e de conjunto no desenvolvimento humano, que passará de uma sociedade eletrônica (e-society) para uma sociedade ubíqua (u-society), na qual tudo é conectado e pode ser acessado de qualquer lugar. Graças às inovações tecnológicas, a indústria Telecom e TI têm colaborado intensivamente com níveis de crescimento constantes nos últimos 20 anos. A tendência global está alicerçada na internet, das coisas que vão expandir, a comunicação dos sete bilhões de pessoas em todo o mundo para cerca de 50 bilhões de máquinas. A banda larga móvel vive sua fase de ouro, permitindo a expansão dos novos serviços de internet e aplicações. Destaca-se também o cloud computing e a indústria da música mobile.
 
Sobre a Fidelity Mobile 
Fundada em agosto de 2006, a Fidelity Mobile é uma empresa que acumula know-how na gestão do conhecimento. Com base nesta experiência disruptiva, a empresa desenvolveu uma plataforma tecnológica mobile inovadora, social e sustentável. A empresa possui experiência e relacionamento com clientes e parceiros no Brasil, Europa, Estados Unidos e América Latina. A Fidelity desenvolve relacionamentos de longo prazo com projetistas, executivos e suas equipes. Além disso, conta com as habilidades das lideranças na gestão da inovação, conduzindo equipes multifuncionais e culturais com diversos profissionais em organizações matriciais com atuação orientada a projetos.
 
Maiores informações acesse:
 

http://www.abessoftware.com.br/noticias/inovar-e-transformar-novas-ideias-em-resultado-diz--kassia-masson-diretora-da-premiada-fidelity-mobile