Notícias


O QUE SÃO METODOLOGIAS ÁGEIS DE GESTÃO DE PROJETOS?
22/06/2020
O que é uma metodologia ágil?
Metodologia ágil de gestão de projeto é toda metodologia que leva as equipes a entregarem valor de forma acelerada ao cliente final. Apesar do nome, a metodologia não envolve uma correria atrás de resultado, mas uma organização do trabalho que leva as pessoas a priorizarem as tarefas de uma forma diferente.
 
 
O nome “metodologia ágil” surgiu do Manifesto para Desenvolvimento Ágil de Software, publicado em 2001, e assinado por 17 líderes de projeto já experientes nos Estados Unidos. O Manifesto Ágil defende quatro pilares e doze princípios que passaram a ser adotados por todas as metodologias ágeis. Os quatro pilares são:
  • Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas
  • Software em funcionamento mais que documentação abrangente
  • Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos
  • Responder a mudanças mais que seguir um plano
Os doze princípios, por sua vez, são:
  • Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente através da entrega contínua e adiantada de software com valor agregado.
  • Mudanças nos requisitos são bem-vindas, mesmo tardiamente no desenvolvimento. Processos ágeis tiram vantagem das mudanças visando vantagem competitiva para o cliente.
  • Entregar frequentemente software funcionando, de poucas semanas a poucos meses, com preferência à menor escala de tempo.
  • Pessoas de negócio e desenvolvedores devem trabalhar diariamente em conjunto por todo o projeto.
  • Construa projetos em torno de indivíduos motivados. Dê a eles o ambiente e o suporte necessário e confie neles para fazer o trabalho.
  • O método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para e entre uma equipe de desenvolvimento é através de conversa face a face.
  • Software funcionando é a medida primária de progresso.
  • Os processos ágeis promovem desenvolvimento sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores e usuários devem ser capazes de manter um ritmo constante indefinidamente.
  • Contínua atenção à excelência técnica e bom design aumenta a agilidade.
  • Simplicidade a arte de maximizar a quantidade de trabalho não realizado é essencial.
  • As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de equipes auto-organizáveis.
  • Em intervalos regulares, a equipe reflete sobre como se tornar mais eficaz e então refina e ajusta seu comportamento de acordo.
Percebam que os princípios do desenvolvimento ágil implicam vários aspectos culturais das organizações, como uma gestão mais baseada em resultados, maior autonomia dos times, capacidade de mudar os planos diante de mudanças e outros aspectos.
 
Também é importante destacar que as metodologias ágeis não envolvem menos processos e planejamento. Pelo contrário: todas elas contam com cerimônias, procedimentos e papeis bem definidos. Alguns exemplos:
  • Dailys ou reuniões diárias de no máximo 30 minutos;
  • Backlog de tarefas e gráficos de status;
  • Reuniões de revisão e melhoria de processos;
  • Sprints de desenvolvimento semanais.
As experiências que deram origem ao Manifesto Ágil tiveram origem no chamado “Sistema Toyota de Produção”, ou seja, nas práticas desenvolvidas pela Toyota entre os anos 1947 e 1975, durante a retomada da economia japonesa no pós-guerra.
Quais são as metodologias ágeis?
Os princípios do manifesto ágil são adotados por inúmeras metodologias diferentes. Várias delas sequer estão sistematizadas. Por exemplo, em Criatividade S/A, Ed Catmul conta como a Pixar desenvolveu uma metodologia de gestão de projetos própria apenas pela aplicação dos conceitos do Sistema Toyota. Listamos abaixo as metodologias mais conhecidas:
Scrum
O Scrum é a metodologia ágil mais conhecida e mais adotada no mundo. Seus criadores, Jeff Sutherland e Ken Schwaber, são signatários do Manifesto Ágil.
 
Os três pilares do Scrum são:
  • Transparência: o framework foi construído de forma a garantir a todos os envolvidos no processo transparência sobre o desenvolvimento e as necessidades a serem atendidas;
  • Inspeção: a metodologia assegura a verificação do que está sendo desenvolvido de forma constante e continuada;
  • Adaptação: os processos e produtos devem ser adaptados sempre que necessário.
A metodologia também estabelece papéis muito definidos:
  • Time de desenvolvimento: equipe multidisciplinar envolvida no desenvolvimento do produto;
  • Dono de produto: responsável por apresentar as necessidades do cliente ao time de desenvolvimento e por toda interação entre time e stakeholders;
  • Scrum Master: responsável por garantir que a metodologia seja seguida e por reduzir os empecilhos que o time de desenvolvimento enfrenta em seu trabalho.
Para aprender mais sobre o Scrum, recomenda-se tirar uma certificação. Há várias, como as da Scrum Alliance, da Scrum.org e da Scrum Study.
Kanban
O Kanban veio direto do Sistema Toyota de Produção. A palavra japonesa “kanban” significa “cartão”, e levou este nome porque, no sistema Toyota, ele consistia na estruturação de um fluxo contínuo de atividades. Ele se disseminou como um quadro de tarefas adotado por várias metodologias, mas ele em si é também uma metodologia ágil.
 
As principais diferenças em relação ao Scrum é que no Kanban as tarefas não são organizadas em sprints, mas em um fluxo contínuo. Também não há papeis tão definidos. Contudo, há medições sobre velocidade de entrega, como o WIP (Work In Progress), que mede quanto tempo uma tarefa leva para cumprir todo o fluxo previsto de produção ou desenvolvimento.
PMI Agile
O PMI (Project Management Institute) é a instituição mais tradicional em gestão de projetos do mundo. Com o avanço do interesse nas metodologias ágeis, eles criaram o PMI Agile Certified Practitioner, uma certificação em metodologias ágeis que leva em consideração também a experiência das metodologias tradicionais de gestão de projetos.
Extreme Programming
Extreme Programming ou XP é uma metodologia ágil focada no desenvolvimento de software. Isto logo de cara a diferencia do Scrum, Kanban e PMI Agile. As principais características do XP são:
  • Feedback constante.
  • Abordagem incremental.
  • Encoraja a comunicação entre as pessoas envolvidas
Perguntas mais frequentes
O que são metodologias ágeis?
Metodologia ágil de gestão de projeto é toda metodologia que leva as equipes a entregarem valor de forma acelerada ao cliente final. Apesar do nome, a metodologia não envolve uma correria atrás de resultado, mas uma organização do trabalho que leva as pessoas a priorizarem as tarefas de uma forma diferente.
Quais são as metodologias ágeis?
Há inúmeras metodologias ágeis, mas as mais adotadas são Scrum, Kanban, PMI Agile e Extreme Programming.
Por que usar metodologia ágil?
Uma metodologia ágil reorganiza o trabalho das equipes de forma a acelerar a entrega de valor sem que seja perdida qualidade na entrega.
Quais são os quatro valores de metodologias ágeis?
De acordo com o Manifesto Ágil, os quatro valores de metodologias ágeis são “Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas”, “Software em funcionamento mais que documentação abrangente”, “Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos” e “Responder a mudanças mais que seguir um plano”
 
Acesse: 
 
 

#Na nova ERA, mude o que ERA!

Bemdito